Categorias
Tipos de Queijos

Como é feito o famoso Queijo Rosa?

O Queijo Rosa é tão popular que, mesmo que o nome cause certa estranheza, ainda é facilmente encontrado nos supermercados. Além disso, seu método de fabricação é interessante e possível de realizar no conforto de casa. Confira!

Principais características do Queijo Rosa

Mais um queijo de origem Holandesa, o Queijo Rosa nasceu em Amsterdã, mais precisamente em Gouda, no século XIX, mas não possui seu nome devidamente oficializado. Há mais de 600 anos, o Queijo Rosa era um dos principais pilares da economia e fazia a conexão comercial entre da Bélgica e a França.

Apesar do nome de Queijo Rosa, o queijo é amarelo e possui um teor de quase 50% de gordura. Ainda assim, tem um sabor muito suave e marcante ao mesmo tempo. Também estima-se que grande parte das produções Holandesas desse queijo, sejam de origem industrializada.

Porém, na cidade onde é fabricado, é muito comum encontrar mulheres que passam o dia preparando o Queijo Rosa, seja para comercialização ou para o consumo da família. Por conta de Gouda ser um lugar com muitos campos, é muito comum ver rebanhos descansando ao ar livre.

Dessa forma, é fácil notar que o leite de vaca é indispensável na fabricação caseira do Queijo Rosa. Porém, no processo industrial, usa-se o leite pasteurizado para agregar maior durabilidade. Essa característica faz com que o queijo possa ter tanto a sua textura, quanto o seu sabor levemente alterado. Por isso, o mais recomendável é que se utilize o leite de vaca.

Tradição vinculada ao queijo

A comercialização do Queijo Rosa a céu aberto, se tornou uma parte da história tão significativa que durante os meses de abril a agosto, os comerciantes juntam-se toda quinta-feira às 10h para celebrar os tempos da comercialização.

Além disso, uma forma histórica na Holanda de testar se um queijo está em bom estado, é batendo no centro do mesmo. Dessa forma, faz-se o mesmo com o Queijo Rosa durante a sua comercialização ao ar livre para, dessa forma, encenar como eram realizadas as negociações.

A tradição do Queijo Rosa é tão forte, que existem mercados que fabricam de forma artesanal o produto e depois disponibilizam para venda.

Como é feito o Queijo Rosa

É perfeitamente possível fazer o Queijo Rosa em casa, mas isso não significa que será fácil. Afinal, é um tipo de queijo que geralmente é feito em um processo industrial. Logo, mesmo que seja feito de forma caseira por algumas vezes, pode ser um pouco mais demorado. Para a receita, será preciso:

  • De 7 a 8 litros de creme de leite;
  • 200 ml de leite não pasteurizado;
  • 2 ml de cloreto de cálcio dissolvido;
  • 1/3 colher (chá) de fermento biológico e mesofílico;
  • Corante rosa natural para queijos ou colorau;
  • 2 ml de coalho dissolvido;
  • 300g de sal;
  • Água.

Para o seu preparo, será necessário ter uma cesta que suporte 1 quilo de Queijo Rosa e um termômetro de cozinha.

Queijo Rosa

Instruções para o preparo

Adicione uma colher do fermento biológico e uma colher do mesofílico, ferva junto ao leite e mexa até ficar homogêneo. Deixe a massa engrossando na temperatura de 30 ºC até que ela engrosse. O período dessa parte do procedimento deve variar entre 12 e 24 horas.

Em uma panela, coloque leite e aqueça-o na mesma temperatura. Coloque o cloreto de cálcio, adicione a mistura de fermento e misture. Deixe descansando por 10 minutos.

Após esse procedimento, dilua de 5 a 6 gotas de corante natural rosa em 20 ml de água fervida. É isso que dará a famosa coloração rosa do queijo. Misture o corante natural já dissolvido, no leite fermentado e mexa até que fique uniforme. Deixe cozinhar por 1 hora.

Pegue uma faca e deslize sobre a massa. Caso o requeijão quebrar e verter soro da mesma, significa que a coalhada está pronta. Para cortar, será necessário uma faca comprida. Corte em tiras e repita o processo na intenção de formar cubos. Deixe-os descansando de 10 a 15 minutos.

Escoamento do soro

Escoe o soro e drene a coalhada. Para isso, mexa o coalho enquanto adiciona água quente o suficiente para a temperatura atingir 34ºC e em seguida deixe repousar por mais 10 ou 15 minutos. Para saber se a temperatura atingiu o nível necessário, use o termômetro.

Agite constantemente a coalhada para drenar o soro, repita o processo de antes e deixe repousando por mais 30 minutos. Em seguida, despeje o soro que restar. Pegue a cesta separada e forre-a com um pano leve, preencha com a coalhada ainda em temperatura quente.

Esse processo precisa ser feito de forma rápida para que ela não se quebra Pressione o queijo com cerca de 18kg durante uns 20 minutos. Depois de tudo pronto, vire-o e remova-o com cuidado, colocando o pano novamente. Pressione com aproximadamente 10 kg por 20 minutos. Depois, pressione-o de novo, mas desta vez com um preso de 22 kg por, mais ou menos, de 10 a 16 horas.

Após esse tempo, faça uma salmoura com 300g de sal e 800ml de água. Remova o queijo da prensa junto do pano, mergulhe-o na salmoura por 12 horas e deixe esfriando na geladeira. Após o queijo estar totalmente frio, tire-o da geladeira e seque no vento, sem luz solar em cima dele.

Prazo de secagem do queijo

Durante três semanas, mais ou menos, o queijo deve secar a cerca de 10 ºC para que todo o procedimento seja concluído com sucesso. Depois, passe a cera própria para revestimento de queijos.

Após todo esse procedimento, é preciso deixar o queijo maturando por um período de 4 meses, em uma temperatura de 10 ºc. Uma dica muito importante durante todo esse período, é que esse alimento deve ser virado ao contrário todos os meses.

A intenção de virar o Queijo Rosa todos os meses, é para que o mesmo tenha um sabor igualmente distribuído pelo queijo, além de, dessa forma, conseguir distribuir melhor o frescor por toda a massa.

Como é possível notar, o Queijo Rosa não é um alimento impossível de ser fabricado, somente é necessário espaço, ingredientes e os materiais necessários para a realização da receita e, também, para deixá-lo o mais próximo possível do gosto original do queijo fabricado na Holanda.

Por Redação Sobre Queijos

Somos apaixonados por queijos em seus mais diversos formatos. Aqui você vai encontrar tudo que precisa saber sobre essa delícia! #AmamosQueijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *