Categorias
Dicas

Tábua de queijos: 10 dicas para montar uma

Os queijos são reconhecidamente ingredientes versáteis desde quando foram criados, há mais de 10 mil anos, sendo presença constante nas mesas de todo o mundo. Afinal de contas, um encontro com vinhos e tábua de queijos integra ocasiões perfeitas para reunir familiares e amigos, não é mesmo?

Sem embargo, com tantas variedades disponíveis no mercado, entre sabores e origens, montar uma boa tábua de queijos requer certas estratégias. Nesse sentido, é fundamental mesclar os sabores, apostando em produtos com diferentes intensidades.

Ademais, é necessário escolher bem as bebidas que serão servidas. Todos esses elementos garantem uma degustação de qualidade que, certamente, surpreenderá os seus convidados. Para ajudar você nessa tarefa, apresentamos, ao longo deste artigo 10 excelentes dicas para montar sua tábua de queijos. Boa leitura!

1. Escolha qual tábua será utilizada

Uma vez que a tábua selecionada acomodará os queijos, sua seleção é de extrema relevância. O tamanho ideal pode variar segundo a quantidade de convidados, embora seja altamente recomendável uma peça redonda ou retangular, desde que exista espaço suficiente para que os queijos sejam bem distribuídos, sem ficarem apertados.

Sendo assim, uma boa ideia é optar por tábuas de madeira que, além de possuírem designs interessantes, podem ser reutilizadas em ocasiões posteriores.

2. Selecione os queijos

Solicite algumas dicas e sugestões aos atendentes de lojas especializadas ou mercados, caso você não tenha ideia de por onde começar. Para montar a sua tábua, você deve variar entre diferentes tipos de queijo.

Selecione, ao menos, um mais familiar, tal como queijos curados ou o Brie. Selecione um de cada:

Escolha, alternativamente, um queijo produzido a partir de cada origem láctea: vaca, ovelha e cabra, assegurando, desse modo, distintos sabores presentes em sua tábua.

3. Escolha o que servir junto aos queijos

É possível optar por diversas bolachas do tipo cracker ou pães e torradas. É interessante, também, dispor de certas frutas para que os convidados comam junto ao queijo:

  • Para os queijos cremosos ou azuis, cebolas fatiadas (bem finas) são excelentes complementos;
  • Para o Camembert ou o Brie considere servir fatias de maçãs, pistaches ou tomates secos;
  • Os queijos mais duros devem ser acompanhados por alimentos apimentados levemente, como raiz forte ou mostarda, como a de maçã;
  • Vale a pena experimentar servir doces à base de amendoim (tais como o popular “pé de moleque”) ou bacons caramelizados com os queijos azuis;
  • Mel, caldas de maple e edamame são alternativas formidáveis para servir junto a queijos mais frescos, por exemplo, o feta;
  • Queijos mais moles harmonizam muito bem com baguetes fatiadas;
  • Sirva biscoitos ricos em grãos ao lado de queijo de cabra;
  • Sirva biscoitos saborizados junto a queijos leves, pois, estes terão seus sabores acentuados.

Tábua de queijos

4. Decida a quantidade a ser servida

Os queijos servirão como petiscos ou um acompanhamento ao final de uma refeição? Você precisará de quantidades bem menores se desejar servi-los somente como um acompanhamento (devem ser, aproximadamente, 40 gramas por pessoa para cada um dos tipos de queijos).

Se eles forem oferecidos como petiscos, leve em consideração o apetite dos convidados: 80 g por pessoa, para cada tipo de queijo, deve ser o bastante para oferecer uma refeição leve.

Não se esqueça, também, de servir um número ímpar de cada queijo. Sua tábua deve ter 5, 7, 9 etc., em vez de pares. Obviamente, não há problemas em servir 6 ou 4 tipos, porém, a distribuição em números ímpares fica visualmente mais bela, tanto que é refletida em áreas como a Ikebana, a prática japonesa para o arranjo de flores.

5. Organize os queijos do mais forte ao mais leve

Essa dica deve ser seguida, preferencialmente, se você almejar servir os queijos como acompanhamentos de uma refeição. Se for o caso, coloque os queijos, em um círculo no sentido horário, do mais forte ao mais suave.

Dito de outra forma, os mais suaves devem ficar ao lado dos mais fortes. De modo geral, os queijos azuis tendem a ser os mais fortes em uma tábua. Além disso, mantenha todos dentro dos limites do espaço, de modo que o arranjo não fique confuso.

6. Inclua alguns acompanhamentos

Há alimentos que podem intensificar e, inclusive, alterar significativamente o sabor dos queijos. Caso essa seja a sua intenção, sirva-os com alguns acompanhamentos como bolos, mostarda italiana, fatias de maçã ou pera, geleias, castanhas tostadas, entre outros. Para oferecer um excelente acompanhamento a queijos mais fortes e duros, faça ou compre uma geleia de damasco.

7. Acrescente compotas ou frutas

Os figos e as uvas devem marcar presença em sua tábua, portanto, não os deixe de fora desse preparo. Além deles, acrescente outras frutas desidratadas ou frescas, lembrando-se, sempre, de incluir frutos secos, como avelãs, nozes ou amêndoas.

As compotas, por sua vez, são parceiras inseparáveis dos queijos. Desse mofo, reserve, em sua tábua, um espaço para elas. Entre a multiplicidade de sabores, recorra a marmeladas e doces de abóbora.

8. Selecione a bebida para acompanhar

A despeito do fato de que a água pode ser uma alternativa, escolher um bom vinho sempre será melhor. Se os queijos forem servidos ao final de uma refeição, o vinho pode acompanhar a sobremesa. Outra opção é selecionar um vinho que harmonize diretamente com seus queijos.

Para queijos azuis, por exemplo, nada melhor do que selecionar vinhos como Sauternes, Muscat, do Porto etc. Como os queijos leves são ofuscados por esses vinhos (que tendem a ser mais densos), evite-os caso não oferecer queijos de sabor acentuadamente forte.

9. Aproveite e relaxe

Os momentos de degustação devem ser divertidos. Portanto, não se estresse. Caso não queira se dar ao trabalho, basta solicitar alguém, em uma loja especializada, que terá o maior prazer em ajudá-lo.

10. Fique atento aos detalhes da montagem de sua tábua de queijos

Se preferir uma tábua retangular, em vez de uma redonda, siga as mesmas orientações, apenas adaptando-as ao formato de sua tábua de queijos. Não se esqueça de espalhar castanhas, frutas secas e, até mesmo, flores comestíveis (se o visual for de seu agrado).

Por Redação Sobre Queijos

Somos apaixonados por queijos em seus mais diversos formatos. Aqui você vai encontrar tudo que precisa saber sobre essa delícia! #AmamosQueijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *